Munich Card Munich City Pass | 1001 Dicas de Viagem

Munique: cartão de transporte ilimitado e entrada em atrações

Munique

Cartão de Transporte em Munique

Munique, na Alemanha, é uma cidade incrível que tem todos os ingredientes para quem gosta de desbravar cidades européias. É cheia de história (durante a segunda guerra mundial, 90% do centro histórico foi bombardeado e depois reconstruído), tem diversos museus; parques, comidas maravilhosas, cervejas inesquecíveis e, claro, muita festa (é afinal de contas o lugar mais tradicional para festejar o Oktoberfest – e também a maior festa desse estilo no mundo).

Da última vez que fomos visitar a cidade, usamos por dois dias os cartões oficiais “Munich Card” e “Munich City Pass”. E hoje vamos explicar direitinho como eles funcionam para que você possa planejar quais dias da sua viagem gostaria de ter transporte ilimitado; além da entrada livre nas principais atrações da cidade.

Munich Card Munich City Pass | 1001 Dicas de Viagem
Bayrische staatskanzlei. Foto: Julia Borba.
Munich Card

Garante acesso ilimitado ao transporte público local e desconto para entrada em diversos museus, exposições, pontos turísticos e visitas guiadas. Alguns restaurantes também entram na lista e oferecem vantagens para quem apresentar o cartão. A lista completa das vantagens, em inglês, está aqui.

No nosso caso, fizemos o cartão para os dois dias em que mais precisávamos nos locomover na cidade, pegando ônibus e bondes. Para que você possa calcular a vantagem de ter o cartão: cada trecho de transporte público custa 3,30€ para adultos; e 1,50€ para crianças. Então se você não vai usar o transporte de forma nenhuma (ou muito pouco), esse carto não é para você. Mas se o seu hotel não fica exatamente no centro, então já é vantagem. Também vale a pena se você quer fazer várias atrações em um mesmo dia; evitando assim perder muito tempo andando de um lugar para outro.

+ Veja as melhores ofertas para se hospedar em Munich

Preço por dia: 11,90€ para adultos (a partir de 15 anos); 4,90€ para crianças de 6 a 14 anos. Grupos até cinco pessoas: a partir de 21,90€.


Munich Card Munich City Pass | 1001 Dicas de Viagem
Marianplatz. Foto: Julia Borba.

Munich City Pass

Tudo incluído! Tanto transporte ilimitado na cidade, quanto entrada em diversos museus (os mais famosos, como a Pinacoteca Nova, Pinacoteca Antiga e a Pinacoteca de Arte Moderna); exposições, tours (como, por exemplo, o ônibus Hop On Hop Off); tour guiado a pé ou de bike no centro da cidade, e entrada preferencial em algumas atrações.

Munich Card Munich City Pass | 1001 Dicas de Viagem
Pinacoteca Antiga. Foto: Julia Borba.
Munich Card Munich City Pass | 1001 Dicas de Viagem
Visitando a Pinacoteca Antiga de Munique. Foto: Julia Borba.

Vale lembrar que o famoso Palácio de Nymphenburg fica um pouco fora da cidade. Portanto, com este cartão você não paga o transporte, nem a entrada no Palácio. Você também pode participar de uma visita guiada no FC Bayern Experience World ou subir de graça na Torre Olímpica. A lista completa das atrações está aqui.

Munich Card Munich City Pass | 1001 Dicas de Viagem
Palácio de Nymphenburg. Foto: Arquivo pessoal.

Utilizamos esse cartão também por dois dias. Neste período, especificamente, planejamos visitar todos os museus que tínhamos vontade de conhecer. Assim, durante os dias em que não tínhamos os cartões, nós aproveitamos para andar na cidade, fazer compras, conhecer os parques, feiras e bares.

Preço por dia: 39,90€ para adultos; 29,90€ para jovens entre 15 e 17 anos e 19,90€ para crianças entre 6 e 14 anos.

Dica rápida

Ambos os cartões valem a pena se você pretende usar as vantagens, ou seja, conhecer os lugares, visitar os museus, e usar bastante o transporte para ir de um lugar ao outro.

A nossa experiência em Munique foi durante o período do ano novo. Então, por exemplo, no dia 1º de janeiro, feriado, quando quase tudo está fechado (e sabíamos que acordaríamos tarde), não seria vantajoso ter o cartão. Mas, durante os outros dias, conseguimos aproveitar e ver muito mais da cidade justamente porque tínhamos essa facilidade. Vale lembrar que diversos museus também fecham nas segundas-feiras. Então o passe completo para as atrações pode ser menos interessante nesse dia, dependendo do museu/atividade que você tenha na sua lista de lugares imperdíveis.

+ Leia também: “Munich: Surf no Englischer Garten”

Os bilhetes são oferecidos de um a cinco dias e podem ser tanto reservados online, quanto comprados diretamente no balcão do centro de informação ao turista (na principal praça da cidade, Marienplatz); e na estação central de trem (Hauptbahnhof).






Este post é fruto de uma parceria comercial entre o 1001 Dicas de Viagem e a empresa citada. Cabe destacar que aceitamos parcerias comerciais apenas de empresas que conhecemos e/ou testamos os serviços, e publicamos somente informações que julgamos relevantes para nossos leitores e/ou que possam auxiliar no planejamento de suas viagens.

Gostou? Então compartilhe este post!

VAI VIAJAR? COMECE A PLANEJAR SUA VIAGEM AGORA MESMO:

Reserve hotéis e pousadas pelos melhores preços e sem taxa de reserva

Airbnb: ganhe R$ 130 de desconto na sua 1ª hospedagem

Utilize o cupom 1001DICAS5 e garanta seu Seguro Viagem com até 10% de desconto

Transfira dinheiro para o exterior com praticidade e menores taxas

Saia do Brasil com chip pré pago e internet 4G

Garanta seus ingressos para atrações, excursões e passeios com antecedência

Alugue seu carro com a Rentcars e pague em até 12x e sem IOF

Procurando os melhores preços de passagem aérea?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *