Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem

Pirenópolis: Escapadinha de fim de semana

BRASIL

Um fim de semana em Pirenópolis

Entre os moradores de Brasília, Goiânia e arredores é difícil achar quem não conheça (ou ao menos tenha ouvido falar) de Pirenópolis. A pequena cidadezinha histórica no estado de Goiás é uma charmosa e convidativa opção para quem deseja passar um fim de semana em meio à natureza.

Com 82 cachoeiras, os visitantes podem variar o roteiro incluindo trilhas mais curtas ou mais longas ou escolhendo o passeio de acordo com a estrutura oferecida no local (estrada de acesso, banheiros, restaurantes e guias, por exemplo).

+ Leia também: Bonito: roteiro completo de 5 dias

A cidade em si também oferece diversos atrativos, como festivais gastronômicos e de cinema. As ruas são feitas com pedras, as casinhas são antigas e coloridas, o comércio é cheio de lojinhas de artesanato; cachaças locais, sorveterias e restaurantes. As lindas igrejinhas também são pontos turísticos, pela simplicidade e idade da construção. A Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, por exemplo, é a maior delas e uma das mais antigas do Estado, construída no estilo colonial em 1728. Quem decide conhecer o interior da igreja é convidado a pagar uma taxa de manutenção de R$ 2,00. Lá dentro, no lugar de luxo e ouro, há muita simplicidade, e madeira.

Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário. Fotos: Julia Borba
Como chegar a Pirenópolis

Pirenópolis fica a 130 Km de Goiânia e 150 Km de Brasília. Há acesso de ônibus a partir das duas cidades, mas o mais recomendado é ir de carro, o que facilita percorrer as distâncias até as cachoeiras, que ficam a partir de 20 minutos do centro da cidade.

Onde se hospedar em Pirenópolis

Nos últimos anos, com o aumento do turismo na região, as possibilidades de hospedagem se multiplicaram. E não são apenas pousadas simples, no modelo das casinhas antigas da cidade; há também opções de luxo que incluem banheiras de hidromassagem no quarto, serviço de massagens e spa para os hóspedes.

O hotel mais tradicional é a Pousada dos Pireneus. Que possui piscinas grandes, monitores e brinquedoteca para as crianças, além de atividades recreativas como arborismo e jantares temáticos. O ambiente é tão bonito, que é escolhido para celebrar diversos casamentos anualmente. Outra amada opção dos viajantes é a Villa do Comendador, também com amplas piscinas, spa, quartos amplos e um ambiente romântico.

Apesar das opções de encher os olhos, a cidade de Piri (para os mais íntimos), também conta com opções low budget para quem quer curtir umas férias sem esvaziar os bolsos. Um exemplo é a Pousada Templários. Um pouquinho mais distante do centro histórico, essa pousada também tem uma pequena piscina; área de playground para crianças, café da manhã e quartos bastante simples. Porém, tudo em um estilo rústico que combina bastante com a viagem.

Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Pousada Templários. Foto: Julia Borba
Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Pousada Templários. Foto: Julia Borba
Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Piscina na Pousada Templários. Foto: Julia Borba
Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Pousada Templários. Foto: Julia Borba
Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Café da manhã na Pousada Templários. Foto: Julia Borba
As cachoeiras de Pirenópolis

Para quem vai pela primeira vez, uma boa dica é de parar no centro da cidade onde há um ponto de informação ao turista. No local há uma galeria com diversas fotos de cada cachoeira, o que facilita muito à escolha do passeio. Há também mapas gratuitos e informações sobre os eventos culturais da cidade; e os preços atualizados de entrada em cada uma das cachoeiras (como a maior parte delas fica em terrenos particulares e fazendas, os visitantes precisam quase sempre pagar uma pequena taxa para entrar).

Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Pirenópolis, Goiás. Foto: Julia Borba
Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Pirenópolis, Goiás. Foto: Julia Borba

Uma outra informação útil disponível no centro de atendimento ao turista é o período de exposição ao sol de cada cachoeira. Já que a água é super fria, não vale à pena deixar para um passeio de fim de tarde uma cachoeira que fique apenas com sombra nesse período – na tentativa de evitar virar picolé.

Uma das mais famosas (e bonitas) que conheci é a Cachoeira do Abade. O acesso é feito por trilha de terra, possível para um carro de pequeno porte não muito baixo. Há uma área de estacionamento e, após à recepção – que também tem um pequeno restaurante e banheiros – uma pequena trilha (fácil, em calçada) até à cachoeira. Em dias calmos, durante a semana, é possível ver macaquinhos nas árvores. Uma fofura!

+ Reserve seu carro com as melhores locadoras e pague em até 12x

Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Cachoeira do Abade. Foto: Julia Borba
Fim de Semana em Pirenópolis - Roteiro de Viagens | 1001 Dicas de Viagem
Cachoeira do Abade. Foto: Julia Borba
Dicas rápidas para um fim de semana em Pirenópolis

A melhor época para visitar Pirenópolis é na seca, de abril a setembro, quando os dias são de sol, sem chuvas e sem riscos de “tromba d’água” – como é chamada na região o volume enorme e repentino de água nos rios e cachoeiras, causado por uma chuvarada forte em alguma parte da região. Como o volume das águas aumenta repentinamente na época de chuvas, diversos acidentes ocorrem nesse período.

Para quem consegue uma folguinha do trabalho durante a semana, melhor ainda. Se a idéia é descansar e aproveitar a natureza em meio ao silêncio, não há melhor pedida que visitar a cidade sem ter que disputar vagas ou um espacinho de sol na cachoeira.

A estrada para Piri está duplicada a partir de Brasília, e no caminho há um atrativo Outlet. A outra opção de estrada que liga Piri a Brasília passa por Cocalzinho de Goiás; e é infinitamente menos agradável de dirigir. Além de não ser duplicada, há muitos caminhões na pista, o que torna a viagem bastante lenta.

VAI VIAJAR? COMECE A PLANEJAR SUA VIAGEM AGORA MESMO:

Reserve hotéis e pousadas pelos melhores preços e sem taxa de reserva

Utilize o cupom 1001DICAS5 e garanta seu Seguro Viagem com até 10% de desconto

Transfira dinheiro para o exterior com praticidade e menores taxas

Saia do Brasil com chip pré pago e internet 4G

Compre seus ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

Reserve seu carro com as melhores locadoras e pague em reais em até 12x (e sem IOF)

Vai para França ou Holanda? Reserve sua passagem pelo site oficial da KLM

Gostou? Então compartilhe este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.