Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem

Guia de Viagem para Israel: Massada

ISRAEL Jerusalém Tel Aviv
Guia de Viagem para Israel: Visitando Massada

Não é à toa que a Massada (Masada) é um dos lugares mais visitado de Israel. Inscrita pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade desde 2001, o Parque Nacional localizado na região do Mar Morto, deixa qualquer um de queixo caído.

A história de Massada

Massada é um dos quatro palácios que Herodes, o Grande ordenou a construção, entre os anos 37 e 31 a.C. O local que estocava cerca de dez mil armas, vigiadas por meia centena de soldados, foi também um marco de engenharia pela criação do seu sistema de canalização de água da chuva.

Depois que os romanos expulsaram os judeus de Jerusalém, um grupo de refugiados judeus seguiu para Massada e ocuparam a fortaleza. Os romanos demoraram muito até conseguirem entrar na fortaleza e reconquistá-la. Tiveram mesmo de forçar escravos judeus a construírem uma estrada de terra até ao cume da montanha, conhecido como a Rampa Romana.

+ Leia também: Festival de Luzes de Jerusalém

Quando o caminho foi concluído e os romanos conseguiram finalmente chegar à Fortaleza, não encontraram resistência, mas sim uma montanha de cadáveres. Cometeram um suicídio coletivo para não ter suas esposas, filhos e eles próprios assassinados ou escravizados.

“Já que há muito tempo resolvemos nunca ser servos dos romanos, nem de ninguém além do próprio Deus, que é o Senhor verdadeiro e justo da humanidade, é chegado agora o tempo que nos obriga a tornar essa resolução verdadeira na prática. Nós fomos os primeiros que se revoltaram e nós somos os últimos a combater contra eles. E não posso deixar de apreciar como um favor que Deus nos concedeu, estar ainda nas nossas mãos poder morrer bravamente e em liberdade.” (Elazar Ben Yair, líder dos zelotes em sua última noite de liberdade)

Massada tornou-se assim, um dos maiores símbolos de resistência da história.

Quando ir

No verão, Massada funciona de sábado à quinta, das 8h00 às 17h00. Já na sextas-feiras e vésperas de feriados, o horário de funcionamento é das 8h00 às 16h00.

+ Garanta seu ingresso para Massada

Todo ano, no mês de junho, você pode conferir o famoso Festival de Ópera de Massada, um espetáculo que tem a montanha iluminada como pano de fundo.

Já durante o inverno (entre dezembro e fevereiro), a temperatura fica um pouco mais amena, mas o complexo de Massada fecha uma hora mais cedo.

Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Foto: 1001 Dicas de Viagem
Onde ficar na região do Mar Morto

Já imaginou assistir o nascer do sol sobre o Mar Morto da varanda de um hotel? Uma boa opção é o HI – Massada Hostel que oferece cama em dormitórios coletivos ou quartos privativos. O problema é que por ser uma opção mais econômica, ela é sempre muito procurada.

Outra experiência única em Israel é se hospedar num kibuttz, como no oásis Ein Gedi Kibuttz Hotel ou no Ein Gedi Camp Lodge; ou ainda passar pelo menos uma noite em uma tenda com os beduínos.

Na região de Arad ou Ein Bokek você também pode encontrar diversas excelentes opções de hotéis, e alguns Bed & Breakfast.

Tour pelo deserto

Diversos operadores de turismo oferecerem serviços na região do Mar Morto. Nós preferimos, no entanto, aproveitar da referência do Get Your Guide para fazermos este passeio. Posso confirmar que ficamos muito satisfeitos com o serviço e utilizamos o mesmo também para outros passeios em Israel.

Como chegar a Massada

Existem diversas formas de chegar à fortaleza de Massada:

Como acabei de dizer logo em cima, decidimos fazer este passeio com uma operadora de turismo, através do site Get Your Guide. Dessa forma, os ingressos já incluem o serviço de transportes (ônibus) e acesso à fortaleza de Massada. O que é bem prático e cômodo.

Se preferir, você também pode alugar um carro e chegar com a ajuda do GPS. O trajeto é simples e as estradas são excelentes.

Uma outra maneira, mais prática e econômica é usar a rede de transportes públicos. Você pode chegar à Massada através do ônibus 486, se estiver em Jerusalém, ou pelo ônibus 421, em Tel Aviv. Para consultar os preços e os horários dos ônibus, acesse o site do sistema de transporte público de Israel.

Fortaleza de Massada

Para chegar até as ruínas de Massada, você pode optar por caminhar ou usar o teleférico. No entanto, vale ressaltar que o teleférico não funciona antes das 7h30, o que lhe impede de vislumbrar o nascer do sol lá de cima.

Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Teleférico em Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem

Se tiver boas condições físicas (lembre-se também do calor!) e não quiser usar o teleférico, você pode optar por subir o Caminho da Serpente; uma trilha íngreme e mais curta que dizem ter sido usada por Herodes. O tempo de subida é de aproximadamente 20 minutos. Mas neste caso você só pagará o ingresso pela entrada em Massada, e economizará com o teleférico.

Uma terceira opção é a subida pela Rampa Romana, que fica do lado oposto ao Caminho da Serpente. Por este caminho a subida demora cerca de 45 minutos.

As trilhas abrem todas as manhãs, uma hora antes do nascer do sol. Mas, durante todo o verão, e dependendo das condições climáticas, tanto o Caminho da Serpente quanto a Rampa Romana estarão fechadas.

Veja as melhores opções de hospedagem na região do Mar Morto

Pela janela do teleférico já somos tomados por aquela sensação de pequenez diante da imensidão de Massada, e da história milenar que cobre o local.

Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Teleférico em Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem
Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Vista do Parque Nacional de Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem

Além da vista espetacular do deserto da Judeia e o reflexo do sol sob o Mar Morto, você irá se deparar com um museu amplamente explicativo sobre a construção e a história da fortaleza; bem como de seu complexo sistema de cisternas, mosaicos restaurados, cômodos e escavações do palácio. Uma visita onde história e natureza se misturam, exalando emoções.

O local também oferece restaurante, café e uma loja para lembrancinhas.

Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Ruínas no complexo de Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem
Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Ruínas no Parque Nacional de Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem
Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Ruínas em Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem
Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Modelo explicativo do sistema de captação de água em Massada. Foto: 1001 Dicas de Viagem
Guia de Viagem para Massada, Israel | Dicas de Viagem
Foto: 1001 Dicas de Viagem
Dicas rápidas

– Vista roupas leves e confortáveis e leve protetor solar e chapéu.

– Beba bastante líquido, principalmente durante o inverno (final/começo do ano), quando não sentimos o corpo desidratar.

– A entrada no Parque Nacional de Massada só é permitida até uma hora antes do horário de fechamento

– A visita no complexo dura entre 2h e 3h. Assim, uma ótima opção é visitar a Fortaleza de Massada e o Mar Morto no mesmo dia. Garanta seu ingresso com antecedência, pois estas atrações são muito procuradas.

– Em junho você pode conferir o famoso Festival de Ópera de Massada.

Se estiver planejando uma viagem para Israel, não deixe de conferir todas as nossas dicas no Guia de Israel.

VAI VIAJAR? COMECE A PLANEJAR SUA VIAGEM AGORA MESMO:

Reserve hotéis e pousadas pelos melhores preços e sem taxa de reserva

Utilize o cupom 1001DICAS5 e garanta seu Seguro Viagem com até 10% de desconto

Transfira dinheiro para o exterior com praticidade e menores taxas

Saia do Brasil com chip pré pago e internet 4G

Compre seus ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

Reserve seu carro com as melhores locadoras e pague em reais em até 12x (e sem IOF)

Vai para França ou Holanda? Reserve sua passagem pelo site oficial da KLM

Gostou? Então compartilhe este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *