Aluguel de carro na Europa | 1001 Dicas de Viagem

Dirigir na França: tudo o que você precisa saber

PLANEJAMENTO
Dirigir na França: tudo o que você precisa saber

Quem nos acompanha nas redes sociais sabe que alugamos carros com frequência para viajar pela França. Afinal, não tem coisa melhor do que poder ir e vir quando quiser e para onde quiser.

Mas viajar de carro em outro país exige um mínimo de conhecimento da região e das leis de trânsito do país. Então veja tudo o que você precisa saber para dirigir na França:

Documentos necessáriospara dirigir na França

Os documentos necessários para dirigir na França são:

– Passaporte do condutor

– Carteira de motorista definitiva (CNH)

– Certificado do seguro de veículos e documento de registro do veículo – o original e não a cópia, chamado de “carte grise” (cartão cinza) na França. Naturalmente, ao alugar um carro na França a empresa irá te fornecer estes documentos.

Dica rápida:
A legislação de trânsito europeia (com exceção da Áustria, Grécia e Itália) permite que o turista possa alugar um carro e dirigir com a carteira de motorista brasileira, desde que o tempo de viagem não ultrapasse 90 dias.
A Permissão Internacional para Dirigir (PID), contudo é necessária para quem vai permanecer no país (mais do que o tempo permitido para turistas) ; e nestes três países citados (que podem vir a solicitar).
Se quiser fazer a sua PID, é só ir no Detran mais próximo e fazer a solicitação. O processo é super simples e ela será enviada para sua casa em poucos dias.

Estradas e pedágio na França

Há dois tipos de estradas na França, as de letra A (“Auto-Estrada”) que cobram pedágio; e as de letra D (“Estradas Departamentais”) que são as regionais, e não cobram pedágio. As estradas na França são ótimas, e representam quase um milhão de quilômetros; dos quais cerca de 8.000 Km são rodovias expressas.

Em relação aos pedágios, é tudo muito simples. O valor é cobrado em função dos quilômetros percorridos. Ou seja, você vai retirar um bilhete no primeiro pedágio que passar sem precisar pagar nada neste momento (como um bilhete de estacionamento). Somente no pedágio seguinte, ao depositar este mesmo bilhete na máquina de pedágio, que você será cobrado, em função dos quilômetros rodados entre os dois pedágios.

Atenção, pois poucos pedágios na França possuem atendentes. Você poderá pagar nas máquinas com dinheiro ou cartão de crédito/débito, mas algumas máquinas não aceitam notas.

Quem quiser calcular antecipadamente o valor dos pedágios e saber informações sobre postos de serviço; áreas de descanso, restaurantes, postos de abastecimento, consulte o site da Autoroutes. Ele dá até um cálculo estimado com o gasto de combustível.

Dica rápida:
Quer aproveitar sua viagem para a Europa para comprar peças mais baratas para seu carro? A euautopecas.pt é uma loja online que oferece uma ampla gama de peças originais para todas as marcas de carros. Entrega rápida e preços significativamente melhores que na maioria lojas. Vale a pena conferir!
Sinalização de trânsito

Não tem nenhum mistério em dirigir pela França, mesmo que existam algumas sinalizações diferentes do que estamos acostumados no Brasil.

Vale lembrar que na França, as placas Auto-Estradas (com pedágio) tem fundo azul, enquanto as Estradas Departamentais ou Nacionais (sem pedágio) são indicadas com placas de fundo verde. Enquanto que na Suíça, país vizinho, as cores para esta sinalização funcionam de maneira contrária.

Além disso, pra circular nas estradas suíças que não tem pedágio, deve-se adquirir um adesivo que é vendido na fronteira. O adesivo custa cerca de 40 francos suíços, e sua ausência acarreta multa de 100 francos suíços. Neste caso (que não recomendo), a compra do mesmo deverá ser feita no momento da autuação.

Limites de velocidade

A não ser que de outra forma informado, os limites de velocidade na França para veículos de passeio, são:

– 130 Km/h nas Auto-Estradas (110 Km/h para o caso de rodovias molhadas)

– 110 Km/h em rodovias de pista dupla sem pedágio (100 Km/h em rodovias molhadas)

– 90 Km/h em outras estradas (80 Km/h em rodovias molhadas)

– 50 Km/h nas zonas urbanas. A placa com o nome da cidade determina o início deste limite; enquanto que uma barra através do nome da cidade é o sinal de término da restrição.

– Limite de velocidade de 50 Km/hnas rodovias com neblina, quando a visibilidade é de menos de 50 m.

Dica rápida:
Você pode alugar um carro com GPS (a maioria das companhias de aluguel de carros possuem esta facilidade com valores à parte). Mas independente do preço (cobrado por dia) e da questão da língua francesa no carro, por questões de segurança, recomendo viajar com um bom plano 4G no seu smartphone.
A EasySim4u, empresa especializada em chip internacional, tem cobertura em mais de 210 países e oferece diferentes planos para você. Clique no link no final deste post para conferir todos os planos. Frete grátis com o cupom: RBBVGRATIS.
Postos de combustíveis

Nas principais cidades, o horário de funcionamento dos postos de gasolina é de 24 horas por dia. Mas assim como nas cabines de pedágio, normalmente não existem funcionários para te ajudar nos postos de combustíveis. Além disso, nestes casos, são aceitos somente pagamentos via cartão de crédito/débito. Vale lembrar que o combustível tende a custar bem mais caro nas Auto-Estradas.

Aluguel de carro na França

Você pode encontrar as principais empresas de locação de automóveis nos aeroportos, nas estações ferroviárias das grandes cidades, e no centro de algumas outras. Além disso, a maioria das locadoras operam em diversos países, sendo possível alugar um carro em um país e devolver em outro.

Para encontrar as ofertas de aluguel de carro, basta informar a cidade ou aeroporto de retirada do veículo, a data e horário de retirada e devolução e o país de origem.

Dica rápida:
Alugue seu carro com antecedência via internet, pois dependendo da época que você for viajar, pode não conseguir um carro disponível.

Este post é fruto de uma parceria comercial entre o 1001 Dicas de Viagem e a empresa citada. Cabe destacar que aceitamos parcerias comerciais apenas de empresas que conhecemos e/ou testamos os serviços, e publicamos somente informações que julgamos relevantes para nossos leitores e/ou que possam auxiliar no planejamento de suas viagens.

Gostou? Então compartilhe este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *