Wine Lovers Argentin Wines

Degustação na Bodega Benegas em Mendoza

ENOTURISMO Mendoza

Aproveitando nossa viagem para Mendoza, escolhemos 3 vinícolas (ou “bodegas”) em Luján de Cuyo para conhecer: a Bodega Benegas-Lynch, a Bodega Septima, e a Bodega Nieto Senetiner (com almoço incluso).

O departamento Luján de Cuyo fica localizado a aproximadamente 30 minutos de carro de Mendoza, na região centro-oeste da Argentina. Apesar de ser conhecido como a “Terra do Malbec” por ter tido a primeira produção de Malbec no país; esta não é a única uva cultivada na região: Cabernet Sauvignon, Merlot, Syrah, Pinot Noir, Chardonnay e Sauvignon Blanc, também são responsáveis pela produção de excelentes vinhos.

Degustação em Vinícolas na Argentina Mendoza
Fachada da bodega. Foto: NiKi Verdot
A história da Bodega Benegas Lynch

Esta vinícola fica na divisa entre duas regiões vitivinícolas, a Maipú e a Luján de Cuyo; na estrada Araoz (Rota 60), à 300 metros do cruzamento com o acesso sul a Mendoza e a 5 Km da Finca Libertad.

Sua história começou em 1883 com Don Tiburcio Benegas (bisavô do atual proprietário – Federico Benegas Lynch), que na época fundou a Bodega El Trapiche; e foi um dos primeiros a produzir vinhos finos, trazendo da Europa novas técnicas desde o manejo das videiras até a própria vinícola. 

Com a crise na Argentina nos anos 70, no entanto, toda a empresa precisou ser vendida. E foi somente em 1999, após Federico Benegas comprar a Finca Libertad – uma ex-vinha plantada por seu bisavô Don Tiburcio, que a família voltou a ter vinhos produzir com sua assinatura. Após mais dois anos, Federico adquiriu também uma antiga bodega abandonada em Luyán de Cuyo, onde começou o projeto Benegas Lynch.

Esta por sua vez, foi completamente restaurada, mantendo a arquitetura do século XIX e incorporando tecnologias mais modernas.

Assim, em 2000 foi realizada a primeira colheita comercializada sob o nome Bodega Benegas.

Todos os vinhos Benegas são produzidos com uvas de vinhedos próprios, garantindo 100% da qualidade no processo. Estes são distribuídos, inclusive no Brasil, pela Importadora Cálix.

+ Procurando hospedagem em Mendoza? Clique para conferir as melhores opções!

Argentine Wine Benegas
Vinhas Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Argentine Wine Benegas
Vinhas Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Wine Fermentation Mendoza
Produção dos vinhos. Foto: NiKi Verdot.

O prédio onde a bodega está instalada é um dos poucos em Mendoza que ainda apresentam a construção original de adobe e teto de bambu; motivo pelo qual a restauração completa demorou cerca de 5 anos. Além da bela construção, o proprietário também é colecionador de ponchos e equipamentos agrícolas de quase 100 anos atrás, que ficam expostos como um pequeno museu.

Degustação em Vinícolas na Argentina Mendoza
Coleção de ponchos nas paredes laterais. Foto: NiKi Verdot.
Degustação em Vinícolas na Argentina Mendoza
Coleção de ponchos na Bodega Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Produção e armazenamento

Na Benegas não são utilizados tanques de inox para o processamento dos vinhos; somente tanques de cimento com capacidade de 2.000 a 20.000 litros.

Wine Fermentation Mendoza
Produção de vinhos Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Wine Fermentation Mendoza
Produção de vinhos Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Wine Fermentation Mendoza
Produção de vinhos. Foto: NiKi Verdot.

Há 8 metros de profundidade encontram-se as caves subterrâneas, com paredes de pedra e pisos de terra, onde descansam cerca de 400 barricas de carvalho francês. É também lá embaixo, em um tanque (“pileta”) de concreto para fermentação dos vinhos (hoje desativado), o local reservado para as degustações.

Ainda no mesmo corredor existem também diversos outros tanques desativados, onde repousam cerca de 120.000 garrafas, com temperatura de 13 à 17ºC e humidade de 60 a 70%.

+ Confira todas as nossas outras dicas de Mendoza

Wine Benegas Argetine
Barricas de carvalho. Foto: André Polistchuck.
Wine Degustation Benegas Argetine
Cave subterrânea. Foto: NiKi Verdot.
Wine Degustation Benegas Argetine
Vinhos Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Degustação de vinhos na Bodega Benegas

A Benegas produz três linhas de vinhos: a Linha Família (linha jovem, cuja principal característica é o frutado), a Linha Estate (intermediária, com passagem de 10 a 18 meses em barricas de carvalho) e a Linha Benegas Lynch – que é a estrela da casa (produzida com uvas dos vinhedos Finca Libertad, cuja idade média das vinhas é de 70 a 110 anos, e passagem de 18 meses em carvalho de primeiro uso).

Degustação dos vinhos Benegas. Foto: NiKi Verdot.

Durante a nossa visita tivemos a oportunidade de provar cinco vinhos, eleitos por nossa connoisseur Susana Moreiras. Todos muito realmente muito bons e muito saborosos! No entanto, os imperdíveis, obviamente, são o Libertad Blend, que tem um corte de Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon e Merlot; e o Carnenet Franc.

– Clara Benegas Cabernet Franc 2010

– Juan Benegas Malbec 2010

– Carmela Benegas Cabernet Franc 2013

–  Luna Benegas Cabernet Sauvignon 2011

– Benegas Finca Libertad Blend 2009

Sem dúvida recomendo muito esta experiência!

Wine Degustation Benegas Argetine
Degustação dos vinhos Benegas. Foto: NiKi Verdot.
Wine Degustation Benegas Argetine
Vinhos que degustamos. Foto: NiKi Verdot.
Wine Degustation Benegas Argetine
Assinatura no livro de recados após degustação. Foto: NiKi Verdot.

+ Visita e degustação na Bodega Septima em Luján de Cuyo

Para mais informações:

Visitas de segunda-feira a sexta-feira das 9 às 18 horas. Aos sábados somente com reserva antecipada.

Tel: +549 261 6083470 / +54 261 4960794

E-mail: turismo@bodegabenegas.com 

Site: www.bodegabenegas.com

NOSSA AVALIAÇÃO:

Acesso: ⭐⭐⭐⭐

Estrutura: ⭐⭐⭐⭐

Atendimento: ⭐⭐⭐⭐⭐

Qualidade/Menu: ⭐⭐⭐⭐⭐

Preço: 💰💰💰

Legenda das Avaliações e Review de Restaurante _ 1001 Dicas de Viagem

 _________________________________________________________________________________

VAI VIAJAR? COMECE A PLANEJAR SUA VIAGEM AGORA MESMO:

Reserve hotéis e pousadas pelos melhores preços e sem taxa de reserva

Utilize o cupom 1001DICAS5 e garanta seu Seguro Viagem com até 10% de desconto

Transfira dinheiro para o exterior com praticidade e menores taxas

Saia do Brasil com chip pré pago e internet 4G

Compre seus ingressos para atrações, excursões e passeios com a Get Your Guide

Reserve seu carro com as melhores locadoras e pague em reais em até 12x (e sem IOF)

Vai para França ou Holanda? Reserve sua passagem pelo site oficial da KLM

Gostou? Então compartilhe este post!

11 thoughts on “Degustação na Bodega Benegas em Mendoza

  1. I love traditional buildings and vintage objects. I would love to meet this place and see the restoration and museum.

  2. Que delícia! Mendoza é um dos meus destinos mais desejados! Quero fazer algum trekking no Aconcágua, mas só depois de me acabar em uma das bodegas!

  3. Ainda não conheço Mendoza, mas com certeza irei até a bodega Benegas quando voltar a Argentina. A experiência pareceu-me muito legal!

  4. Adoro visitar vinícolas e essa parece uma ótima pedida! Gostei demais da foto da colheita, do pessoal amassando as uvas. Ótimas dicas!

  5. Que saudade me deu de Mendoza lendo o seu artigo. Não conheci especificamente essa bodega, mas são tantas boas experiências por lá né? Fiz o tour de bike e adorei! Obrigado por compartilhar seu relato. Abs

  6. Sem dúvida um dos passeios que quero fazer quando for a Mendoza, cidade que há muito tempo tenho vontade de conhecer!!!
    Adorei a dica e as fotos!!!
    Aproveitando, quantos dias me recomendaria ficar na cidade?
    Para conhecer umas duas vinícolas e as principais atrações da região com calma…
    Quatro dias estaria bom ou será que mais?

    Abraço!

    1. Murilo, Mendoza é uma graça! 4 a 5 dias está suficiente. Nós fizemos rafting em Potrerillos em um dia, visita em 3 vinícolas (com direito à almoço na última) em outro dia e conhecemos a cidade em 2 dias. Cuidado, pois aos domingos tudo é fechado e mesmo durante a semana eles fazem a siesta e, portanto, fecham os comércios depois do almoço (mas pelo menos ficam aberto quase até às 21h para compensar).

  7. Moro no Rio Grande do Sul, próximo à vinhedos e vinícolas, mas esta de Mendoza parece ser bem diferente, tanto em suas videiras, como na própria vinícola e equipamentos. Gostaria de conhecer!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *