Erasmus exchange Programa Eramus+ Intercâmbio na Europa | 1001 Dicas de Viagem

Programa Erasmus+: intercâmbio e estudo no exterior

VIDA NA FRANÇA VIDA NA SUÍÇA

Se você está em busca de um programa de intercâmbio, esta pode ser a opção perfeita para você. Entenda como funciona o Programa Erasmus +, como se candidatar e, quem sabe, até mesmo conseguir uma bolsa para estudar no exterior.

Programa Erasmus Mais: estudar em uma universidade da Europa

Erasmus Mais é um programa de intercâmbio criado e financiado pela União Europeia para todos que desejam estudar por um tempo em outro país. É certamente uma das melhores oportunidades que existem para quem busca uma experiência universitária no exterior e ainda obter um diploma reconhecido.

O Erasmus tem quase três décadas, mas foi aberto para os brasileiros somente em 2004.

Curiosidade - Dicas de Viagem - Tours guiados e passeios | Travel GuideCuriosidade:
Erasmus significa: EuRopean Community Action Scheme for the Mobility of University Students, e foi inspirado no filósofo humanista Desiderius Erasmus que viajou por toda a Europa.

 

Em que país estudar

O programa Eramus+ está nos 27 países da União Europeia, além da República da Macedónia do Norte; Islândia, Liechtenstein, Noruega, Sérvia, Turquia e Reino Unido.

Eramus+ Intercâmbio na Europa - Erasmus exchange | 1001 Dicas de Viagem
Recepção dos estudantes do programa Eramus na Université de Bourgogne.
Duração do intercâmbio

O período do intercâmbio através do Programa Erasmus+ deve ter uma duração mínima de três meses (ou um período académico/trimestre) e máxima de 12 meses.

Você poderá beneficiar de vários intercâmbios pelo programa, seja como estudante ou estagiário, mas o tempo total não poderá exceder 12 meses em um mesmo ciclo de estudos. Exceção para cursos de medicina e arquitetura, onde o ciclo poderá ter uma duração máxima de 24 meses.

Conforme definido pelo Quadro Europeu de Qualificações (QEQ), a definição de “clico” refere-se ao nível de estudos, ou seja:

– Primeiro ciclo (licenciatura ou equivalente) 

– Segundo ciclo (mestrado ou equivalente)

– Terceiro ciclo (doutoramento ou equivalente)

Condições do programa Eramus

Para estudar no exterior através do Erasmus+ os estudantes devem estar matriculados em uma instituição de ensino superior; sendo que estudantes do primeiro ciclo (licenciatura ou equivalente) devem estar, no mínimo, no segundo ano de estudo.

Além disso, tanto a instituição de ensino do estudante quanto a de acolhimento devem estar ligadas por um acordo interinstitucional e serem signatárias da Carta Erasmus para o ensino superior (se estiverem estabelecidas em países do programa). 

Os países parceiros também devem se comprometer a respeitar os termos estabelecidos nesta carta. A prioridade será para estudantes provenientes de instituições parceiras, mas alunos de outras universidades também podem participar.

Eramus+ Intercâmbio na Europa - Erasmus exchange | 1001 Dicas de Viagem
Recepção dos estudantes Eramus. Foto: Arquivo pessoal | 1001 Dicas de Viagem
Ajuda de custo e bolsa de estudos

Um dos maiores obstáculos para quem decide fazer um intercâmbio ou estudar no exterior é o respectivo custo. A inscrição para o programa Eramus é gratuita; e tem que ser feita de acordo com a universidade onde você estuda/vai estudar. Mas para contribuir com as despesas de viagem e estadia durante o período de estudo, o programa oferece uma bolsa mensal para os estudantes selecionados.

O valor da bolsa de estudos varia de acordo com o país de destino; da distância entre os países em questão e a modalidade escolhida, ou seja, estudo ou estágio. O valor da bolsa e as taxas fixas são publicados no Guia do Programa Erasmus+.

dica-aprovado

Fica a dica!
É possível solicitar auxílio através de outras bolsas, como da instituição de envio, do Estado ou de outras fontes. Para saber mais, consulte o Guia Europeu do Financiamento ou o Study Portals
. Estudantes provenientes de regiões ou países ultraperiféricos, com problemas físicos mentais ou de saúde que sejam selecionados para o programa também podem solicitar um apoio financeiro adicional.

Como se inscrever no programa Erasmus+?

A primeira coisa é se informar e escolher qual programa Erasmus aplicar.

A sua candidatura deve ser feita através do serviço responsável pelas relações internacionais ou pelo Erasmus+ da respetiva instituição de ensino. Mas atenção: o período de inscrição varia de acordo com as instituições; por isso fique atento ao site e aos informativos da sua.

Caso queira se inscrever sem estar matriculado em uma instituição de ensino no Brasil, será necessário se candidatar diretamente em uma Universidade na Europa; e depois fazer a candidatura para o pedido de bolsa do Erasmus+.

Somente depois da avaliação e de saber os resultados (se foi aceito ou não), você deverá fazer a inscrição na Universidade de destino.

E aí, está esperando o que?

Garanto que você não vai se arrepender!

Gostou? Então compartilhe este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *