De bike em Portugal: passeio por Sintra e Cascais

De bike em Portugal: passeio por Sintra e Cascais

De bike em Portugal: passeio por Sintra e Cascais

A gente sabe que o bom das férias é poder descansar, mas fazer um pedal de 42 Km também pode ser considerado descanso se você está num lugar lindo, em boa companhia e… com uma bicicleta elétrica!

Bom, não é exatamente àquele descanso tradicional, do tipo que a gente deita no sofá com um pote de pipoca e assiste a uma sequência interminável de seriados na TV. Mas estando em Portugal, com a chance de conhecer lugares incríveis e de se divertir muito com a família e amigos, vale a pena o suor, o vento no rosto e amassar o cabelo no capacete para se deparar com verdadeiros pedaços de paraíso que aparecem pelo caminho.

 

Lisboa Autêntica

Com o intuito de conhecermos Sintra e Cascais, alugamos on-line as nossas bicicletas com a Lisboa Autêntica antes de mesmo irmos para Portugal. A empresa tem uma estrutura bastante grande de guias e bikes, e portanto, agendamentos espontâneos também funcionam. Além disso, a empresa realiza diversos outros roteiros por Portugal, mesmo dentro de Lisboa, com ou sem bike. Vale a pena dar uma olhadinha lá no site. Os funcionários foram muito atenciosos conosco, pontuais e bastante responsáveis com as reservas e equipamentos. De primeira!

Para descrever a bicicleta, basta dizer que tínhamos uma Scott novinha (com menos de um ano de uso) e um motor Bosch super potente que não nos decepcionou nem nas piores subidas. A desvantagem é que quando você volta para casa corre o risco de, assim como eu, não gostar mais tanto da sua bicicleta!

O nosso guia, Daniel Serra, foi super legal desde o inicio. Além de sentir o ritmo do grupo e adaptar o tempo necessário para cada uma das paradas, ele também ficou o tempo todo atento ao nosso ritmo no pedal, para diminuir ou acelerar sempre que necessário. Ele conhece super bem a região, nos explicou a história de todos os castelos que vimos pelo caminho, e escolheu os melhores pontos para fazer mos paradinhas estratégicas para as fotos.

 

Rumo à Sintra e Cascais: o começo da aventura

O ponto de encontro é em Lisboa, na Praça do Comércio, às 10 horas da manhã. O Daniel nos explicou que o horário acabou sendo fixado no meio da manhã a pedido dos próprios turistas, que não querem acordar muito cedo. Assim, eles podem dar uma esticadinha um pouco maior na noite anterior. Na praça, o grupo se encontra, testa as bicicletas, recebe as instruções, o capacete e as dicas para uso da bike.

Quem nunca pedalou em uma bicicleta elétrica não precisa ter medo. É bastante simples e muito divertido. Parece que alguém esta te dando uma mãozinha justamente na hora mais difícil: a subida. É perfeito!
Fomos pedalando da Praça do Comércio até a estação de trem de Lisboa, onde pegamos um trem para Sintra. São aproximadamente 30 minutos e é chegando lá que o passeio começa de verdade.

Sintra e Cascais em Portugal
Bicicleta Elétrica da Lisboa Autêntica. Foto: Julia Borba.

Sintra

A cidade é um show. Não só pela natureza ou pela vista panorâmica que temos de cima das montanhas, mas pela enorme quantidade de castelos da região. Como estávamos com as bikes, não paramos para visitar o interior dos castelos, pois isso realmente tomaria o dia todo; então passamos por eles, nos apaixonamos pelo visual maravilhoso e pelo contraste das construções com a natureza e seguimos em frente, ficando, a cada esquina, cada vez mais maravilhados.

Sintra and Cascais in Portugal - 1001 Dicas de Viagem
Vista de Sintra, Portugal. Foto: Julia Borba.

Os palácios mais famosos são:

Palácio da Pena: construído no século XIX, ele fica no topo da Serra de Sintra e foi eleito em 2007 como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Palácio de Queluz: Da época de D. Pedro III, foi construído entre 1747 e 1786, e tem influências francesas e italianas, além de um lindo jardim.

Palácio de Sintra: De fundação árabe, esse castelo não é nada convencional. Na idade média ele foi utilizado pela corte durante o período do verão. Atualmente ele reúne vários estilos arquitetônicos, como gótico e manuelino, além de conter coleções hispano-mouriscas. Ou seja, uma salada.

Castelo dos Mouros: Uma fortificação militar construída entre os seculos VIII e IX, com função de proteger Lisboa e arredores.

Palácio Monserrate: Com influência indiana e gótica esse castelo também pertence à lista dos maravilhosos. Estima-se que mais de 2 mil pessoas trabalharam para sua construção, iniciada em 1858.

Sintra and Cascais in Portugal - 1001 Dicas de Viagem
Passeio de bike em Sintra, Portugal. Foto: Julia Borba.
Sintra and Cascais in Portugal - 1001 Dicas de Viagem
(Esq.) Palácio de Sintra. (Dir.) Palacio da Pena. Fotos: Julia Borba.

Depois dessa bela sequência de castelos, seguimos em direção a Cascais. No caminho, fizemos uma pausa para almoço em um P.F. (Prato Feito) no vilarejo de Colares, chamado Refugio do Ciclista. O lugar é muito (mais muito) simples e a comida é uma delícia. Quem frequenta, normalmente, são os trabalhadores da região. O prato custa 6,50 euros ou 8,50 euros, dependendo da opção de prato. O churrasqueiro faz na hora: peixe, carne ou linguiça.

Colares in Portugal
Parada em Colares, Portugal. Foto: Julia Borba.
Colares in Portugal
Refugio dos Ciclistas em Colares, Portugal. Foto: Julia Borba.

O nosso guia indicou que provássemos uma linguiça de cada. Então pedimos diversos tipos e repartimos em grupo. O acompanhamento poderia ser batatas fritas ou salada. Já a bebida era uma sprite servida com vinho tinto (assim mesmo, tudo junto e misturado em um copo). Amamos a experiência, comemos bem e sem nenhuma culpa, já que estávamos ali queimando calorias ao longo do dia todo.

Colares in Portugal
Sprite com vinho tinto no Refúgio dos Ciclistas em Colares. Foto: Julia Borba.

Cascais

Seguindo para Cascais, o visual mudou completamente. Começamos a pedalar em ciclovias, ao longo de praias lindas, com areias branquinhas. Cada vez que parávamos para tomar aguá, tirávamos milhares de fotos, porque a vista era realmente maravilhosa. Um dos pontos altos foi a chamada “Boca do Inferno”, que apelidamos “Boca do Céu”, porque temos certeza que os portugueses se confundiram ao batizar o lugar.

Cascais Portugal | 1001 Dicas de Viagem
Paradinha no caminho. Foto: Julia Borba.
Cascais Portugal | 1001 Dicas de Viagem
À caminho de Cascais. Foto: arquivo pessoal.
Sintra and Cascais in Portugal
Cascais, Portugal. Foto: Julia Borba.
Cascais Portugal - 1001 Dicas de Viagem
Boca do Inferno, Cascais, Portugal. Foto: Julia Borba.
Vistas de Cascais, Portugal. Foto: Julia Borba.
Cascais, Portugal
Cascais, Portugal. Foto: Julia Borba.

Mais adiante, ao chegar em Cascais, o passeio terminou. Ainda deu tempo de tomarmos um sorvete e pegarmos o trem para Lisboa. Às 19h30 já estávamos na Praça do Comércio, em Lisboa. Considerando que as paradas foram longas, principalmente a do almoço, imagino que tenhamos pedalado por volta de 5h30 ou 6 horas no total, saindo de Lisboa para Sintra e Cascais. É claro que mesmo sendo uma bicicleta elétrica, ainda é preciso pedalar! Mas o cansaço é equivalente ou menor a um dia de turismo, batendo perna, por Lisboa.

Essa foi uma das experiências mais legais das nossas férias em Portugal. Então sem duvida recomendamos tanto o pedal com a Lisboa Autêntica quanto a visita pelas lindas cidadezinhas de Sintra e Cascais.

 

Lisboa Autêntica

Tel: (+351) 913221790 / (+351) 969233891

E-mail: info@lisboaautentica.com

 

 _________________________________________________________________________________

Este post é fruto de uma parceria comercial entre o 1001 Dicas de Viagem e a empresa citada. Cabe destacar que aceitamos parcerias comerciais apenas de empresas que conhecemos e/ou testamos os serviços, e publicamos somente informações que julgamos relevantes para nossos leitores e/ou que possam auxiliar no planejamento de suas viagens.

 _________________________________________________________________________________

COMECE SUA VIAGEM AGORA MESMO:

Encontre passagens aéreas mais baratas

Reserve hotéis e pousadas pelos melhores preços

Veja como fazer câmbio com praticidade e menores taxas

Saia do Brasil com chip pré pago e internet 4G

Entenda tudo sobre o Seguro Viagem

Alugue carros pelos melhores preços

Economize e corte filas em passeios

 _________________________________________________________________________________

Gostou? Então compartilhe este post!

Julia Borba

Julia Borba é repórter de formação e já trabalhou em grandes redações como a Folha de São Paulo e a Rede Globo. Apaixonada pelo Brasil e pelo mundo, é uma das adeptas da teoria de que a vida é curta demais para ficar em apenas um lugar. Além do Brasil, já morou nos Estados Unidos e na Suíça, onde atualmente cursa mestrado em Comunicação Empresarial. Para ela viajar é sinônimo de felicidade - seja por destinos rústicos e com muita na natureza ou encontrando os lugares super charmosos espalhados pelas grandes cidades. Adora contar historias e compartilhar dicas e experiências com todos os apaixonados por viagens.

18 comentários em “De bike em Portugal: passeio por Sintra e Cascais

  • 18 de julho de 2017 em 04:23
    Permalink

    Adorei o post e essa dica maravilhosa de passeio!
    Com certeza vai entrar no meu roteiro!

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:12
      Permalink

      É muito legal mesmo, Simone. Tenho certeza que você vai amar 🙂

      Resposta
  • 16 de julho de 2017 em 18:38
    Permalink

    Que passeio delícia!!! Enquanto não posso experimentá-lo, acho que vou testar o sprite com vinho!! Vcs gostaram?

    Resposta
    • 22 de julho de 2017 em 14:39
      Permalink

      Oi Carla! Muito obrigada pela sua visita! Quanto ao vinho com sprite rs.. é ótimo! O vinho fica mais suave. Não gosto mto de sprite, então coloquei pouco. Mas fica bom sim!

      Resposta
  • 15 de julho de 2017 em 07:53
    Permalink

    Que legal!! Eu sempre gostei muito de andar bicicleta, mas nunca fiz uma viagem dessa maneira. Deve ser interessante. Portugal é um destino que tenho bastante vontade de conhecer, mas ainda não tive a oportunidade de ir. Adorei as dicas e fotos do post.

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:19
      Permalink

      Muito obrigada, Oscar! Se você curte a ideia da bike, vale muito a pena. Você vai pedalando, parando… é bem mais marcante que chegar, sair do carro, tirar fotos e voltar a dirigir. Principalmente em um lugar em que isso é possível (um trânsito legal, uma parte de ciclovia, ou seja, sem muitos riscos). Se você for lá conhecer, depois conte aqui pra gente!

      Resposta
  • 14 de julho de 2017 em 23:44
    Permalink

    Um pedal desses relaxa a mente com certeza! Eu pouco tinha visto de Cascais e achei tudo lindo, uma ótima dica de passeio!

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:22
      Permalink

      Ah, que legal Aninha! Se você já conheceu Cascais, pode pedalar por Sintra. Os castelos são tão lindos. É bastante impressionante!

      Resposta
  • 14 de julho de 2017 em 23:18
    Permalink

    Uau, que disposição! Eu adoro fazer atividades nas minhas ferias – não consigo ficar parada muito tempo. Entao você acabou de me dar uma excelente ideia pra região. A bike facilita porque a gente vai parando, admirando, fotografando – alem de ter a adrenalina do vento no rosto e de estar super perto dessa natureza linda. Super passeio!

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:25
      Permalink

      Exatamente, Klecia!! Sou assim também. Fora que a gente sempre vai lembrar mais (e com mais carinho) das aventuras, não é? 🙂

      Resposta
  • 14 de julho de 2017 em 20:41
    Permalink

    Oi Julia!!! Que passeio maneiro. Nunca andei de bike elétrica. Deve ser uma experiência diferente, principalmente para aguentar 5 ou 6 horas de atividades. Parabéns pelo post!!!
    Abraços
    Carolina

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:28
      Permalink

      Obrigada, Carolina! Você vai gostar. Você decide o quanto de ajuda a bike vai te dar. Então nas subidas mais horríveis você está lá: tranquila e sorridente só curtindo a vista. Rs…

      Resposta
  • 14 de julho de 2017 em 08:58
    Permalink

    Eu adooooooro viajar de bicicleta! É tudo de bom! 😀 Quando fomos à Lisboa tivemos que adiar a viagem à Sintra por causa de um temporal, e desde então eu estou maluca para voltar e explorar Sintra… já sei que será de bike!

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:33
      Permalink

      Ah não… que pena essa chuva estragando o passeio!!! Mas tudo bem, só adiou a diversão, né? Aposto que você vai aproveitar muito por lá (e de bike) da próxima vez!! 🙂

      Resposta
  • 14 de julho de 2017 em 07:47
    Permalink

    Excelente forma de conhecer duas belas cidades. Nada como andar ao ar livre… e fazer um pouco de exercício. Bela experiência.

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:34
      Permalink

      É verdade! Nada como uma aventura nas férias, né? A gente nunca esquece…

      Resposta
  • 13 de julho de 2017 em 19:41
    Permalink

    Gente, que passeio top!! E quem disse que de férias a gente quer pipoca no sofá, né? Eu, pelo menos, nem tiro férias se não for para bater perna por aí, hehehehe. Amei o post e deu vontade de fazer tudo isso também.

    Resposta
    • 11 de agosto de 2017 em 07:36
      Permalink

      Michela, seu comentário poderia ser escrito por mim! Rs… Tão eu!! Obrigada pelo recadinho e se for fazer o mesmo passeio, depois me conte se gostou 🙂

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Content is protected !!