Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel

Yad Vashem: o Museu do Holocausto de Jerusalém

Jerusalém
Yad Vashem: visita ao Museu do Holocausto de Jerusalém

É difícil visitar Israel e não relembrar as tristezas da Segunda Guerra Mundial e do Holocausto. Mas quem quer conhecer de perto o que se passou nesse período, deve programar uma visita ao Yad Vashem. Também chamado de Memorial do Nome, Yad Vashem é o Memorial e Museu do Holocausto de Jerusalém, a capital e o principal destino turístico de Israel.

Criado em 1953 e reconstruído em 1993, o Memorial tem como objetivo relembrar os horrores da perseguição e assassinato de mais de seis milhões de judeus pelo regime nazista; e resgatar as histórias de suas vítimas. Hoje este museu é o principal centro de pesquisa e documentação dos eventos que ocorreram durante o Holocausto.

“E a eles darei a minha casa e dentro dos meus muros um memorial e um nome (Yad Vashem) que não será arrancado.” (Isaías 56:5.)

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel
Yad Vashem – Museu do Holocausto. Foto: 1001 Dicas de Viagem.
Como chegar ao Yad Vashem

O Memorial Yad Vashem fica no Har Hertsel (ou Monte da Recordação), em um complexo de 18 hectares.

Apesar da entrada ser gratuita, diversas empresas oferecem passeios guiados ao museu, incluindo, é claro, o transporte. Você pode consultar os preços e fazer suas reservas pelo Viator.

Se preferir ir por conta própria, o museu oferece um serviço de transporte gratuito para os visitantes. O ônibus faz o percurso entre o Mount Herzl e o Yad Vashem, durante o horário de funcionamento do Memorial. São seis paradas ao longo de sua rota.

Caso esteja de carro alugado, logo na entrada de Yad Vashem há um estacionamento subterrâneo disponível para visitantes, porém é preciso pagar uma taxa diária. 

Visita ao Yad Vashem, Museu do Holocausto de Jerusalém

O memorial reconta a história e as atrocidades que aconteceram com os judeus europeus, a partir da ascensão nazista, em 1933.

São dez salas, separadas por trincheiras, com livros e sapatos jogados, que recontam, em cada uma delas, um pouco dessa história.

Tudo isso através de fotos, vídeos da época, documentos, e objetos das vítimas e dos sobreviventes que foram doados para construir o maior museu do Holocausto do mundo.

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel 16
Corredor do Yad Vashem, lembrando as trincheiras da guerra. Foto: Yad Vashem.
Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel 15
Museu do Holocausto. Foto: Yad Vashem.
Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel 17
Museu do Holocausto. Foto: Yad Vashem.
Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel 19
Museu do Holocausto. Foto: Yad Vashem.

Karl Marx, Theodor Adorno, Albert Einstein, e outros judeus alemães famosos que precisaram se exilar e também têm suas histórias contadas.

Salão dos Nomes, panteão em homenagem aos milhões de mortos

O Santuário dos Nomes ou Salão dos Nomes está no final do novo museu. Ele apresenta fotos e milhares de pastas onde constam os nomes das incontáveis vítimas do Holocausto. Os retratos foram colocados em uma grande cúpula suspensa sobre um fosso profundo cheio de água, que representa, ao mesmo, uma homenagem às vítimas desconhecidas, aquelas que ainda não foram identificadas; e a lembrança eterna, visto que a água, para os judeus, significa vida. Uma forma de preservar a memória dos seis milhões de judeus mortos no Holocausto. Para mim, uma das partes mais tocantes da visita.

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel
Salão dos Nomes no Museu do Holocausto. Foto: Yad Vashem Photo Gallery.
Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel 18
Salão dos Nomes – Yad Vasehm. Foto: Yad Vashem Photo Gallery.
Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel
Retratos em memória dos 6 milhões de judeus mortos no Holocausto. Foto: Yad Vashem Photo Gallery.

A exposição é muito forte e muito tocante, pois é perceptível o sofrimento que sofreram, simplesmente pelo fato de serem judeus.

Ao final da visita no museu, as paredes do museu parecem se abrir, mostrando um novo horizonte e a esperança de um mundo mais tolerante.

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel
Yad Vashem. Foto: 1001 Dicas de Viagem.

Cada árvore do bosque plantado ao lado de fora do museu representa o que eles chamam de “Justos entre as Nações”, ou seja, é uma homenagem a todos os não-judeus que arriscaram a vida, liberdade ou posição para salvar judeus durante o Holocausto.

Além do museu propriamente dito, no complexo do Yad Vashem você pode visitar ainda o Memorial das Crianças, a Praça do Gueto de Varsóvia, a Sinagoga, o Museu de Arte do Holocausto, o Pavilhões de Exibição, observar esculturas, e lugares ao ar livre.

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel
Áreas externas no Yad Vashem. Fotos: 1001 Dicas de Viagem.
Memorial das Crianças

O Memorial das Crianças, que também fica no complexo do Yad Vashem, foi construído com as doações de Abe e Edita, que sobreviveram ao campo de concentração e se refugiaram nos Estados Unidos.

O rostinho no pórtico da entrada, é de Uziel, filho do casal, e uma das muitas crianças vítimas do Holocausto.

O memorial ao 1,5 milhão de crianças judias mortas no Holocausto, expõe uma série de retratos; que aparecem, ao longo do trajeto, em um ambiente escuro e milhares de velas em memória das crianças. Com uma voz suave, seus nomes, idades e os países de origem são pronunciados em permanência (em hebraico e inglês).

Um memorial muito, muito tocante. Impossível não se emocionar.

Yad Vashem Museu do Holocausto Jerusalém - Roteiro em Israel
Entrada para o Memorial das Crianças. Foto: 1001 Dicas de Viagem.
Dicas rápidas

– As visitas ao museu são gratuitas, mas é necessário fazer agendamento prévio para grupos maiores que seis pessoas, através do site do Memorial.

– O Yad Vashem é bem grande e a visita pode levar algumas horas. Então, use um calçado bem confortável e não tenha pressa.

– As visitas são feitas com fones de ouvido, mas há também a possibilidade de fazer com guias na língua portuguesa.

– No interior do museu não é permitido usar celulares e câmeras fotográficas. Apenas na parte final e exterior.

Mais informações

Har Hazikaron, P.O.B. 3477, Jerusalém – CEP: 91034
Telefone: +972 2-644-3400. Site oficial.
Horários: de domingo à quarta das 8h30 às 18h, quinta das 8h30 às 20h; e sextas e feriados das 8h30 às 14h.

Está de viagem marcada para a Terra Santa? Então não deixe de conferir o nosso Guia de Viagem para Israel.

Gostou? Então compartilhe este post!

VAI VIAJAR? COMECE A PLANEJAR SUA VIAGEM AGORA MESMO:

Reserve hotéis e pousadas pelos melhores preços e sem taxa de reserva

Airbnb: ganhe R$ 130 de desconto na sua 1ª hospedagem

Utilize o cupom 1001DICAS5 e garanta seu Seguro Viagem com até 10% de desconto

Transfira dinheiro para o exterior com praticidade e menores taxas

Saia do Brasil com chip pré pago e internet 4G

Garanta seus ingressos para atrações, excursões e passeios com antecedência

Alugue seu carro com a Rentcars e pague em até 12x e sem IOF

Procurando os melhores preços de passagem aérea?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *